sábado, 23 de maio de 2009

Afinal quem deve decidir nossa vida?

Mas afinal mesmo, que é que deve decidir nossa vida?

Acho que quando estava criando esse blog, tive milhões de coisas passando pela minha cabeça, aí, resolvi perguntar pra minha mulher o que ela achava dos nomes que eu tinha pensado... Só que antes de perguntar, eu me dei conta que a gente (as pessoas) sempre fazem isso, e pra tudo, todas as situações da vida, uma meia, uma camisa, uma blusa, uma calça, um sapato, um programa, um jornal, uma comida, um jogo, um site, um blog... e foi aí que eu acabei escolhendo o nome, e achei adequado, até mesmo por tudo o que passa em nossos dia a dia, na vida cotidiana, e nas escolhas que fazemos...

Não sou nem um pouco arrogante ou "convencido", mas acho que sei um pouco do que estou falando... principalmente com as coisas que tem acontecido no País, na Amazônia, no Estado.

Por uma dessas desventuras da vida (sem saber se foi sorte ou azar) acabei por não nascer no estado Pará, e sim no Amapá. Contudo, minha origem matriarcal e patriarcal advém desse maravilhoso estado ao qual adotei como meu.

Escolhi aqui pra morar (mas especificamente no Sudeste do Estado) e é aqui que vou realizar minhas batalhas. Amo profundamente esse estado e ainda muito mais essa REGIÃO DO ESTADO.

Talvez, com minha pequena vivência aqui, eu possa contribuir com algumas opiniões acerca do que acontece na região e no estado.

Deixo essas palavras que me ocorreram de súbito para registrar minha primeira postagem...

3 comentários:

  1. Jah tentei postar uma massaroca de comentários nesse Kcete... e nunka deu certo!!!

    ResponderExcluir
  2. Acho que esse troço aqui tá virando um divã...
    As postagens desse cara aí são reveladoras...

    ResponderExcluir